Contraceptivo Irreversível

Escrito Por lemon 16/06/2017 0 Comentarios

Contraceptivo Irreversível

 

         Há algumas décadas homens e mulheres não são mais obrigados a terem filhos, caso não os queiram. Existem muitos métodos anticoncepcionais que garantem essa possibilidade, mesmo sem a abstinência. É bom que se diga que também existe o método contraceptivo irreversível, ou seja, aquele em que um homem ou uma mulher tendem a se tornar permanentemente inférteis.

         É uma decisão difícil de se tomar e que pede muita reflexão e diálogo, especialmente se você tem um parceiro ou parceira. Bater o martelo e definir que vocês não terão mais filhos ou que nunca os terão exige muito equilíbrio mental e bastante harmonia.

        Sendo assim, a seguir falaremos um pouco mais sobre o método contraceptivo irreversível e as opções oferecidas hoje para que homens e mulheres fiquem permanentemente inférteis. Se você tem interesse em saber mais a respeito pode confiar e seguir na leitura!

 

 

 

Método contraceptivo irreversível para homens – Vasectomia

 

Provavelmente você já ouviu falar da vasectomia. Esse é o método contraceptivo irreversível dos homens, ou seja, é o único meio existente hoje para que eles não possam mais ter filhos naturalmente.

Esse método é cirúrgico e é feito com anestesia local. A possibilidade do procedimento falhar, ou seja, de mesmo depois da cirurgia o paciente seguir fértil é de 0,15%.

De modo geral sabe-se que não há alteração na atividade sexual do homem que faz a vasectomia, apenas deixam de existir espermatozoides em seu sêmen quando ele ejacula.

É importante fazer exames que comprovem a ausência de espermatozoide depois que a vasectomia for feita, para comprar a sua eficácia. Normalmente 12 semanas após o procedimento já não se encontram espermatozoides no sêmen do paciente, ou se eles estão lá ao menos são incapazes de se movimentar.

 

 

 

 

Método contraceptivo irreversível para mulheres – Laqueadura tubária

 

É bem provável que em algum momento da sua vida você já tenha ouvido falar da laqueadura, que é o método contraceptivo irreversível para mulheres. A partir dessa cirurgia o esperado é que a paciente não seja mais capaz de gerar filhos naturalmente.

Essa esterilização ocorre através de uma pequena incisão no abdômen, ou por meio do sistema de videolaparoscopia. É obrigatório que haja anestesia nesses casos, seja ela geral ou peridural.

Obviamente existe a possibilidade do procedimento não ser exitoso. Ela é hoje de 0,4%, menor que a da vasectomia não funcionar. Também é possível realizar exames para confirmar que a laqueadura tubária funcionou como esperado!

 

 

 

 

É possível reverter os resultados positivos de um método contraceptivo irreversível?

 

 

       Como dissemos inicialmente optar por um contraceptivo que é entendido como irreversível é uma decisão bastante complexa, que envolve a racionalização de uma série de variáveis e precisa ser pensada e repensada muitas e muitas vezes.

       Isso por que esse tipo de contracepção não pode ser revertido? Mais ou menos. Em alguns casos raros é possível tentar a reversão e até obter algum sucesso nessa tentativa.

       Isso mesmo, se você fez uma laqueadura tubária ou uma vasectomia é possível sim reverter os seus resultados, mas é importante ter consciência de que será muito difícil que isso aconteça.

       Por que? Bem, como esses procedimentos são todos cirúrgicos a verdade é que eles são feitos para funcionar a longo prazo e até enquanto você viver. Só em casos muito específicos é possível alcançar uma reversão, ou ainda contar com o trabalho da natureza e do tempo para que isso ocorra, mas não é nenhuma garantia de fato!

       Sendo assim, antes de optar pela contracepção irreversível estude, pesquise e reflita: isso é mesmo necessário? É a melhor opção no meu caso? Caso esteja certo busque ajuda médica para fazer o procedimento com segurança! Boa sorte!

 

 

Deixe um Comentario