Essencial é o clitóris: desmistificação do orgasmo feminino

Escrito Por lemon 22/08/2017 0 Comentarios

Essencial é o clitóris: desmistificação do orgasmo feminino

 

Mulher goza? Mulher tem que gozar? Pois é, parecem questionamentos malucos, mas por muito tempo o prazer do gênero considerado mais frágil foi considerado inútil, desinteressante. Hoje eles e elas tentam correr atrás do prejuízo, e uma das formas possíveis é através da desmistificação do orgasmo feminino.

Ao contrário do que muita gente pode pensar a mulher não tem mais dificuldade para gozar, nem precisa de mais tempo do que os homens. Cada corpo é um corpo e cada indivíduo é único em suas singularidades.

Sendo assim, que tal entender um pouco mais sobre como funciona para uma mulher gozar? Vamos promover aqui nesse texto a desmistificação do orgasmo feminino, então prepare-se para absorver todo esse conhecimento! Confira!

Desmistificação do orgasmo feminino – O “Antes”

Mulher não é que nem homem que enfia o pênis em qualquer buraco e goza. Ok, desculpe generalizar, mas acontece com quase todos os caras assim. Mas para as garotas é bem, bem diferente.

O processo do orgasmo feminino é sobretudo mental. É preciso estar tranquila, sem pensar nos boletos que faltam pagar ou nos trabalhos a fazer para a faculdade. É preciso focar no que está rolando para que seu corpo curta tudo que está sendo proporcionado a ele.

Depois que você relaxa as coisas começam a acontecer e é tudo bem mais rápido! Você fica mais lubrificada, a sua pele fica muito mais sensível a qualquer toque e os seus mamilos e clitóris ficam eretos, da mesma forma que acontece com o pênis.

Aliás, falando do clitóris, é importante entender que ele precisa ser tratado com carinho e cuidado. Ficar metendo o dedo no bichinho como se fosse uma campainha desgovernada não vai provocar nenhum efeito que não seja a irritação. Uma boa dica é usar a lubrificação da vagina para tocá-lo, porque o prazer vai ser ainda maior!

Desmistificação do orgasmo feminino – O “Durante”

A medida que o clitóris é estimulado a excitação vai subindo cada vez mais, até que chega um momento que você não aguenta mais e explode de tanto prazer em questão de segundos. Segundos mesmo, querida: a maioria dos orgasmos dura entre 6 e 10, para ser mais exata.

Nessa hora os músculos vão ficar contraídos demais, seu coração vai acelerar a ponto de você escutar suas batidas e sua respiração vai ofegar. O rosto fica rosado e toda a sua pele vai estar fervendo. Em seguida vem o relaxamento, tão grande e tão gostoso que parece que você está no céu.

Desmistificação do orgasmo feminino – O “Depois”

Quando o orgasmo acaba a sua vagina segue contraindo como na hora do orgasmo, mas agora com mais vagarosidade e de uma forma descontrolada, porque você nem se dá conta que isso está acontecendo.

A sensação de êxtase que se segue é enorme e impressiona. Muitas mulheres parecem experimentar a libertação total e ficam flutuando em torno de seus pensamentos. Algumas simplesmente dormem, de tão calmas que ficam. É incontrolável.

Desmistificação do orgasmo feminino – Devo fingir?

Não! Esse é um erro tolo que muitas mulheres cometem, na ânsia de não frustrar aos seus parceiros e querendo também fingir que está tudo bem, que não tem problema algum para ser solucionado.

Tem sim! O seu prazer importa, porque você importa! Se você leu a explicação acima e não identificou passar por todas essas etapas durante a transa saiba, amiga: você ainda não gozou e precisa de ajuda. Do seu parceiro, de um profissional, de produtos de sexshop, mas sobretudo de você mesma!

Não se abandone por achar que é difícil demais para uma mulher gozar. Por mais complexo que seja é possível fazer a desmistificação do orgasmo feminino e torna-lo uma ferramenta de prazer e libertação acessível para todos (e TODAS)!

 

 

Deixe um Comentario